Criança de 2 anos cai em copo de vidro e morre ao ter tórax perfurado em MT

Criança chegou a ser socorrida e levada para outro município, mas não resistiu

Um caso trágico de acidente doméstico foi registrado na manhã desta terça-feira (14), no município de Conquista d’Oeste (530 km de Cuiabá). Um menino de dois anos acabou morrendo depois que escorregou em cima de cacos de vidro. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Segundo informou a Secretaria Municipal de Saúde, o caso aconteceu pouco antes das 10h, na casa da família. A mãe é manicure e estava com uma cliente no momento do acidente.

Segundo a mulher relatou, em determinado momento a criança pediu para tomar um pouco de água. Ela parou o trabalho, foi até a cozinha e deu a bebida à criança. Depois, chegou a guardar o copo em cima da pia e retornou ao trabalho.

Quando estava fazendo as unhas da cliente, porém, ela ouviu um forte barulho.

Ao chegar na cozinha, deparou-se com a cena. O filho estava no chão, ensanguentado. Embaixo dele havia pedaços de vidro. A mulher não soube explicar com precisão como foi que a criança conseguiu alcançar a bancada da pia.

Desesperada, ela pegou o menino e correu para um posto de saúde. Lá os médicos logo perceberam a gravidade do caso e encaminharam a criança para um hospital no município vizinho, Pontes e Lacerda (distante cerca de 90 km de Conquista D’Oeste).

“Ele estava sangrando muito, porque o pedaço do vidro abriu o peito. Acertou o tórax, uma região fatal, que é o coração”, contou ao LIVRE a servidora da secretaria.

Segundo a funcionária, o secretário de Saúde de Conquista D’Oeste chegou a ir para o município vizinho prestar ajuda. No entanto, a criança não resistiu aos ferimentos.

O caso foi registrado como acidente doméstico.

Fonte: olivre

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *