Cunhada de Cristina Kirchner roubou $ 573 milhões de um programa para crianças desnutridas

A cunhada de Cristina Kirchner, presidente da Argentina, Alícia Kirchner, foi denunciada criminalmente por desviar/roubar $ 573 milhões de pesos argentinos, equivalente a R$ 221 milhões de reais, de um programa social voltado a crianças pobres e desnutridas.

Um menino de 6 anos morreu por falta de comida e remédios, tornando o desvio de verbas mais cabuloso ainda. O processo está nas mãos do Juiz Federal, Daniel Rafecas, uma espécie de Juiz Moro Argentino, que classificou o descalabro como ‘monstruoso e uma aberração’.

Alícia deve deixar o cargo de Secretaria de Seguridade Alimentícia, ligada ao ministério dos direitos humanos da Argentina, em duas semanas, já que Maurício Macri venceu como presidente e deve trocar todo mundo.

Por fim, como se não bastasse, Alícia tenta manobrar o orçamento de outros fundos sociais para cobrir o rombo deixado pelo próprio desvio feito por ela.

Ela já responde criminalmente e pode ser presa, além de ter que devolver o que subtraiu dos cofres públicos para ajudar a bancar a campanha de Scioli, candidato derrotado do governo Cristina.

(Quem nos informa isso é o Jornal El Clarin)

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário