Cunhado de Ana Hickmann só saberá se irá a júri popular em dezembro

Ficou para o dia 18 de dezembro deste ano a decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) que definirá se Gustavo Henrique Bello Correa, cunhado da apresentadora Ana Hickmann, irá a júri popular. Ele foi denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) por homicídio doloso pela morte de Rodrigo Augusto de Pádua, 30, fã que tentou matar a apresentadora em maio de 2016, em um hotel no Belvedere, região Centro-Sul da capital.

Na manhã desta sexta-feira (20) foram ouvidas quatro testemunhas da defesa. Outras três ainda precisam ser ouvidas. “Eu não tive opção, então, quando a gente não tem opção, a gente tem que fazer tudo igual. Eu não tenho como ter arrependimento, porque a gente não pode se arrepender daquilo que não teve opção. Não foi uma briga de bar, eu não estava dirigindo alcoolizado. Ou eu faria ou não estaria aqui”, defendeu-se Gustavo.

Na saída do Fórum Lafayette, o advogado da família, Fernando José da Costa, voltou a argumentar que o caso se tratou de legítima defesa. “O que é triste para toda família e sociedade é que, na verdade, a vítima é a família de Ana Hickmann, que hoje se encontra na figura de acusada de um processo criminal por homicídio. O criminoso aqui é um psicopata. Gustavo apenas defendeu a sua vida e de sua família. Faltou ao ministério público sensibilidade, senso de Justiça. Por enquanto estamos muito decepcionados com o MP”, disse mais cedo o defensor.

Em contra-partida, o promotor Francisco Santiago informou que não falaria sobre o mérito, mas disse que a primeira audiência de instrução não mudou suas convicções.

Relembre

O crime ocorreu no dia 21 de maio de 2016, quando Pádua rendeu Correa no elevador do hotel onde eles estavam hospedados e o obrigou a levá-lo ao quarto de Ana Hickmann.

Ele ameaçou a apresentadora de morte e deu dois tiros na direção dela, mas os disparos atingiram a concunhada de Ana e esposa de Correa, Giovana de Oliveira. Nesse momento, ele reagiu, lutou com Pádua, tomou a arma dele e disparou três vezes na nuca do fã.

Fonte: otempo

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário