Dana ofereceu dinheiro para que Aldo não integrasse sindicato

Revelação deixa relação entre o lutador e o UFC ainda mais estremecida

Em pé de guerra com o UFC, o ex-campeão peso-pena José Aldo revelou que recebeu uma proposta do presidente da organização, Dana White, para não apoiar a criação de um sindicato de lutadores.

“Eu sempre falei sobre defender um tratamento melhor para os lutadores brasileiros. Em uma conversa com o Dana ele me disse para não tomar nenhuma posição, porque o bolo seria dividido igualmente para todos, mas eu poderia pegar um grande pedaço se ficasse quieto. Nossa classe é muito desunida, isso poderia ser completamente diferente para nós brasileiros se fôssemos unidos, não apenas no MMA”, disse o brasileiro ao site MMA Fighting.

Aldo viajará esta semana para os Estados Unidos para se reunir com Dana e tentar resolver sua situação. Ele disse que quer se aposentar do esporte, mas o UFC já avisou que não o liberará do contrato assinado entre as partes.

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário