Daniel Pereira não tem (e nem precisa) cumprir acordo com Confúcio

O governador Confúcio Moura (MDB) chegado a conversa fiada e a criar factóides concedeu uma entrevista (conversa de compadres) a um site de Ariquemes, onde, entre outras pérolas, afirmou que “só seria candidato ao Senado se Daniel Pereira cumprisse o que ele (Confúcio) determinasse, do contrário, ele não renuncia”. Só um tonto cai nessa conversa de Confúcio. Ele é candidatíssimo, independente de qualquer compromisso assumido anteriormente. Ele próprio descumpriu vários acordos feitos com parceiros antigos, como Valdir Raupp e Tomás Correia.

Daniel Pereira, se tiver juízo, assume o Estado, demite toda essa equipe de Confúcio para não correr o risco de cair na vala comum e nos rolos criados pela atual gestão. Quem não quer se lembrar, seja por interesses ou por memória fraca, vai ficar surpreso ao saber que tramita no Superior Tribunal de Justiça a Ação Penal resultante do IPL 784 (operação Platéias) que pode resultar em pedidos de prisão de Confúcio e parte de sua equipe. A gestão de Confúcio deve explicações, e muitas, sobre as indenizações vultosas que foram pagas a servidores públicos e “amigos do rei” em terras na margem do Madeira onde deveriam estar assentados às vítimas da enchente de 2014.

Daniel Pereira tem que cumprir um acordo com a população do Estado, e não com esses “acertos meia-boca” que são feitos para tentar eleger gente que só entrou na vida pública para defender os próprios interesses. Confúcio Moura é quem menos pode exigir qualquer tipo de compromisso com quem quer que seja. Ele traiu Raupp, na cara dura. Falou dezenas de vezes, olhando nos olhos do senador que não seria candidato a nada em 2018. Depois obrigou o MDB a aceita-lo como candidato.

Confúcio traiu Raupp e vai trair Maurão de Carvalho, que continua acreditando no apoio do MDB para sua candidatura. Maurão, o PRB te espera de portas abertas, não caia nesse golpe.

Daniel Pereira não tem que administrar o Estado com a equipe de Confúcio. Acredite leitor, Rondônia está endividada e a conta vai estourar. Melhor que seja antes do que depois. Pagar salário em dia não é favor, é obrigação. Mas ai vai vir algum afoito e dizer, “mas os outros estados tem gente recebendo salários de novembro”. Tem, mas outros estados não possuem o mesmo perfil econômico de Rondônia, que tem apenas duas cidades com mais de 100 mil habitantes e 52 municípios.

Portanto, se for para se livrar de Confúcio e sua turma de uma vez por todas, deixa ele ficar no cargo até o fim, Daniel. Rondônia vai te agradecer eternamente.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *