Defensor público quebra vidro de DP, chama agente de “bosta” e é preso

De acordo com a Polícia Civil, homem estava com “os ânimos exaltados” e “sintomas de embriaguez”. Após prisão, ele pagou fiança e foi solto

Vidraças da 17ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Norte) foram quebradas durante o ataque de fúria de um defensor público, de 55 anos. O caso ocorreu por volta das 21h desse domingo (18/3).

De acordo com a Polícia Civil, o homem, identificado como Juscelino Campos de Oliveira, estava com “os ânimos exaltados” e “sintomas de embriaguez (fala arrastada, olhos avermelhados e hálito etílico)”. Ele deu socos contra a porta de vidro e conseguiu quebrar duas vidraças.

Com a tentativa de invasão, a segurança na DP foi reforçada por agentes de outras unidades. Os policiais tentaram imobilizá-lo. Agitado, o homem teria ofendido o agente, chamando-o de “bosta”. Como estava ferido, ele precisou ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O defensor público foi detido, mas pagou a fiança de R$ 3 mil e liberado. Segundo dados do Portal da Transparência, ele é servidor de categoria especial e recebe remuneração de R$ 22.652,28. Oliveira responderá por dano ao patrimônio público. Ainda não se sabe o que motivou o ataque de fúria.

A delegacia não funciona em esquema de plantão aos finais de semana e feriados. A unidade estava fechada durante o ataque de fúria.

A Defensoria Pública foi acionada, mas ainda não se manifestou sobre o caso.

Segundo o Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol), a delegacia de Taguatinga Norte é uma das 16 unidades que permanecem fechadas durante a noite e aos finais de semana. A entidade destaca que “nunca na história do DF delegacias tiveram de ser fechadas em razão da falta de pessoal”, como ocorre atualmente.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário