Denarc prende casal com 30 quilos de cocaína em fundo falso de caminhonete

De acordo com a polícia, a droga saiu de Porto Velho e tinha como destino final a cidade de Fortaleza, estado do Ceará.

Um casal foi preso com aproximadamente 30 quilos de cocaína refinada na última quarta-feira (1º) no quilômetro 15 da BR-364, no posto da Polícia Rodoviária Federal, sentido Candeias do Jamari. A droga estava escondida em um fundo falso de uma caminhonete SW4 de placas NDU 9148 de Porto Velho, conduzida por Willian S.C., de 39 anos, que estava acompanhado de Clefy F.P.V., de 20 anos.

O trabalho é fruto de investigação dos policiais civis do Departamento de Narcóticos (Denarc).

Durante as diligências, os policiais se deslocaram para a casa de Willian onde apreenderam uma caminhonete Hilux branca, de placas NOY 1151, da cidade de Humaitá (AM) e uma motocicleta modelo Honda Honert de placa NED 7499, além de uma pistola calibre 380 com várias munições intactas. A polícia acredita que os veículos sejam oriundos do tráfico de drogas, uma vez que não foi constatada outro tipo de renda dos presos.

Conforme a polícia, Willian já estava sendo monitorado, pois já havia feito uma viagem para Fortaleza na camionete Hilux branca que, também tem fundo falso. Desta vez, os policiais receberam informações de que ele estava transportando uma grande quantidade de drogas no fundo falso do veículo e se fixaram no posto da PRF desde às 5 horas de quarta-feira.

Ao ser abordado, o casal confessou o motivo da viagem para o Ceará e disse que a droga estava na camionte e que receberia pelo transporte o valor de R$ 5 mil. Mas alegou não saber para quem iria entregar o entorpecente. Segundo a polícia, a cocaína tem uma grande pureza e é a mais cara no mercado do trágico de drogas.

A mulher e o homem receberam voz de prisão e foram encaminhados para o Denarc, onde foram apresentados ao delegado que os flagranteou pelo crime de tráfico de drogas interestadual. Eles foram encaminhados para exames de corpo delito no IML. Em seguida, Willian foi levado para o presídio masculino provisório e a mulher para o presídio feminino provisório, onde permaneceram presos ficando a disposição da Justiça.

 

Fonte: roagora

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário