Dentista é encontrado morto após ser sequestrado e ter a caminhonete roubada

O dentista Josilei da Silva Gaspar, de 37 anos, que teve a casa invadida e foi sequestrado na noite de sábado (23) em Juara, a 690 km de Cuiabá, foi encontrado morto no final da tarde de domingo (24). De acordo com a Polícia Civil, amigos de Gaspar faziam buscas e o encontraram caído numa região de cascalho, a 13 km de Juara.

Gaspar foi levado junto com a caminhonete dele, que foi roubada pelos criminosos. Segundo a Polícia Civil, o dentista foi encontrado deitado no chão, com as mãos e pernas amarradas. Inicialmente foram encontradas duas marcas de tiro: uma na nuca da vítima e outra nas costas.

Foram os amigos dele que encontraram Gaspar, por volta de 16h [horário de Mato Grosso], logo após a Ponte do Rio Arinos, e comunicaram a polícia. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Juína, a 737 km de Cuiabá, onde vai passar por perícia e necrópsia.

Gaspar teria sido abordado em casa por três homens e foi levado sequestrado pelos assaltantes. O veículo foi localizado também domingo (24) pela Polícia Militar em Cáceres, a 220 km da capital, na região de fronteira com a Bolívia.

O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) informou que a caminhonete de Josilei foi encontrada na MT-343, perto da Comunidade Taquaral, em Cáceres.

Apenas o celular do dentista não foi encontrado pela polícia.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário