Ana Paula da Silva, que foi prefeita de Bombinhas por dois mandatos, disse que preconceito precisa ser desconstruído

A roupa usada pela deputada estadual Ana Paula da Silva, conhecida como Paulinha (PDT), durante a cerimônia de posse no dia 1º de janeiro na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) provocou repercussão nas redes sociais. O macacão vermelho com decote foi alvo de milhares de comentários, muitos deles ofensivos. A parlamentar já foi prefeita de Bombinhas, no Litoral Norte, duas vezes.

Uma foto tirada no dia da posse e postada pela deputada numa página de rede social já teve mais de 8,5 mil comentários e 6,2 mil compartilhamentos. As ofensas vieram de várias partes do país. Um dos comentários foi feito por um homem que se identificou como policial militar.

Em entrevista à NSC TV, ela disse que sempre usou roupas justas e decotadas e que não vai ser agora que chegou à Alesc que vai mudar.

Comentários postados na página da deputada Ana Paula da Silva (PDT-SC), após publicação de foto da posse. — Foto: Reprodução/NSC TV

Comentários postados na página da deputada Ana Paula da Silva (PDT-SC), após publicação de foto da posse. — Foto: Reprodução/NSC TV

“Claro que foi um dia de bastante sofrimento, não vou negar. Mas eu não vou arredar o pé daquilo que eu sou. Eu quero ser feliz acima de todas as coisas. E isso implica em me apresentar para as pessoas como eu sou. Corpo, alma, verdadeiramente aquilo que eu sou. Acho que esse preconceito precisa ser desconstruído. E de fato, no ambiente da política, a presença esmagadora de homens nos faz encolher, nos faz retroagir”, disse Paulinha.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário