Deputados discutem reivindicações de servidores da Agência Idaron

Presidente da Assembleia intermedeia, a pedido do deputado federal Marcos Rogério, encontro entre servidores e Governo

O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), e o deputado federal Marcos Rogério (DEM-RO) se reuniram com os servidores da Agência Defesa Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), Rafael Evangelista e José David Fantin, para discutir o agendamento de uma reunião entre o Governo e a Comissão de Negociação dos servidores.

No último dia 29, durante encontro em Cacoal, foi deliberada pela comissão uma paralisação geral dos servidores da Agência Idaron, para a segunda semana de maio. Mais de 100 servidores estavam presentes e a abertura de um canal de diálogo com o Governo é uma saída para evitar a greve geral.

A pauta de reivindicações já foi protocolada junto ao Governo, e inclui desde melhorias nas condições de trabalho, correções do Plano de Cargo, Carreira e Remuneração (PCCR), que é um compromisso do Governo desde 2012. A regulamentação de gratificações que estão atrasadas há cinco anos, também está sendo cobrada. A melhoria na estrutura das unidades de atendimento também está entre as demandas.

Antes, Marcos Rogério havia relatado ao presidente que participou da reunião, em Cacoal, no final de semana. “A preocupação é de que no encontro foi definida a possibilidade de uma paralisação dos servidores, o que poderia nos trazer sérios prejuízos, uma vez que a manutenção da vigilância sanitária é uma necessidade para a nossa economia”, relatou Rogério.

Por telefone, o presidente da Assembleia entrou em contato com o chefe da Casa Civil, Emerson Castro, e agendou uma reunião para a próxima segunda-feira (8), às 10hs, no Palácio Rio Madeira.

“A Comissão vai mostrar as nossas reivindicações e abrir um caminho para o diálogo. Há um compromisso do Governo que esperamos ser cumprido há cinco anos, mas ainda não foi feito e isso causa insatisfação entre os servidores”, disse Rafael.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *