Descartável pelo PT, Dilma pode retornar ao PDT

Auxiliares próximos dizem que a petista ainda não sabe o que vai fazer

O PT deixou claro a Dilma Rousseff que fora da presidência da República ela virou peça descartável para o partido.

Após o Senado destituí-la do cargo em definitivo, Dilma leu um vigoroso discurso de protesto contra o impeachment. Auxiliares próximos dizem que a petista não sabe ainda o que vai fazer da vida, mas o “gelo” que já percebe no PT pode levá-la de volta ao PDT, o primeiro partido a que se filiou.

No PDT, Dilma dava assessoria a Leonel Brizola a distância, enviando-lhe um clipping diário de notícias, sua maior especialidade.

Segundo pesquisas internas no PT, Dilma lembra mais o envolvimento do partido com corrupção do que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Lula é ausência em discurso de Dilma

Dilma fez um discurso diante de uma pequena plateia na qual uma ausência foi muito notada: o ex-presidente.

Por influência de sua mulher, Lula não associa sua imagem a más notícias.

Band

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário