De olho na aprovação do ajuste fiscal e no engavetamento dos pedidos de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o Diretório Nacional do PT desistiu ontem de defender a cassação do Eduardo Cunha, ao Conselho de Ética da Casa.

Lula afirmou que é mais importante aprovar as matérias de interesse do governo Dilma do que “derrubar” o presidente da Câmara.

Além da aprovação do ajuste fiscal, a estratégia de preservar Cunha faz parte de um acordo para proteger a presidenta Dilma, que depende de uma decisão monocrática do presidente da Câmara, a quem cabe deferir ou indeferir o pedido.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário