Disparo contra ônibus da caravana de Lula foi intencional, diz polícia do PR

Tiros atingiram lataria do veículo que seguia para Laranjeiras do Sul. Ninguém ficou ferido

O delegado-responsável pelas investigações do ataque à caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Helder Andrade Lauria, afirmou nesta terça-feira que as investigações realizadas até o momento demonstram que os tiros foram intencionais. Ou seja, quem disparou teve a intenção de atingir o ônibus.

— Pode-se afirmar que o disparo que atingiu o ônibus em questão foi intencional — disse Lauria.

O delegado afirmou, porém, que ainda não é possível identificar quem efetuou o disparo e o motivo pelo qual atirou em direção ao ônibus. Segundo ele, as investigações seguem na Delegacia de Laranjeiras do Sul e não é possível fornecer mais detalhes, para não atrapalhar o trabalho da polícia.

O ataque ocorreu no último dia 27 de março, durante visita do ex-presidente Lula a cidades paranaenses. Pelo menos três tiros atingiram dois ônibus da caravana, que seguiam de Quedas do Iguaçu, no oeste do estado, para Laranjeiras do Sul.

Os passageiros dos dois veículos atingidos ouviram o barulho e imaginaram que eram pedras. Pouco depois, o motorista de um dos veículos, – que levava jornalistas brasileiros e estrangeiros – que acompanhavam a caravana, percebeu que havia pneus furados. Ao descer, viu que havia tiros.

Os pneus estavam furados por um objeto com cinco pontas conhecido como “miguelito”. O outro ônibus atingido levava políticos convidados.

Fonte: oglobo

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário