A Rádio do Vaticano informa que Dom Roque Paloschi é o novo arcebispo de Porto Velho. A nomeação foi divulgada na manhã de quarta-feira (14/10) no Vaticano. Gaúcho de Progresso, foi bispo de Roraima durante dez anos e ocupará a sede deixada por Dom Esmeraldo Barreto de Farias em março de 2015.

Dom Roque nasceu em 1956, estudou Filosofia na Universidade Católica de Pelotas (1977-1981) e Teologia na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1982-1985). Foi ordenado sacerdote em 7 de dezembro de 1986 em Bagé (RS) e nomeado bispo de Roraima em maio de 2005. De 2011 a 2015 presidiu o Regional Norte 1 da CNBB.

Na última Assembleia Geral do Conselho Indigenista Missionário, de 15 a 18 de setembro em Luziânia (GO), ele foi eleito Presidente da entidade.

Dom Roque Paloschi é também membro da Rede Eclesial Pan-Amazônia, REPAM, fruto de uma iniciativa da Comissão Episcopal da Amazônia, do Departamento de Justiça Social do Conselho Episcopal Latino-americano – CELAM, da Conferência dos Religiosos da América e do Caribe e da Caritas, com o apoio de organismos internacionais, do Pontifício Conselho da Justiça e da Paz do Vaticano e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB.

O arcebispo de Porto Velho é um paladino na defesa dos direitos dos camponeses e dos povos indígenas contra a agressão das empresas extrativistas que exploram os recursos naturais da Amazônia.

PAINEL POLÍTICO deseja uma boa estadia ao novo arcebispo mas acha que ele vai arrumar muita confusão ao tentar combater “as empresas extrativistas que exploram os recursos naturais da Amazônia”.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário