Economia dos EUA cresce 2,3% em 2017 e pode bater 3% em 2018

Os bons números se devem especialmente pelo aquecimento do mercado interno

O PIB (Produto Interno Bruto) dos Estados Unidos fechou 2017 com alta de 2,3%, de acordo com a primeira leitura do Departamento de Comércio do país, revelado nesta sexta (26).

O resultado é melhor do que o obtido em 2016, quando os EUA cresceram 1,5%.

Os bons números se devem especialmente pelo aquecimento do mercado interno.

Um dos indicadores da demanda doméstica teve alta de 4,6%, maior ritmo desde o quarto trimestre de 2014.

Outro indicador interno, os gastos do consumidor, cresceu 13,9% no último trimestre de 2017, no melhor resultado em três anos.

Este incremento de gastos foi possível graças ao aumento das importações, que tiveram alta de 13,9% no quarto trimestre do ano passado, o ritmo mais forte desde 2010.

Economistas ouvidos pela agência de notícias Reuters projetam que o crescimento anual da economia dos EUA atingirá a meta de 3% em 2018. O dólar fraco, a alta dos preços do petróleo e o fortalecimento da economia seriam os principais motores do bom resultado para este ano.

 

Com informações da Folhapress.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *