Endividamento das famílias de Porto Velho cai pelo segundo mês

ENDIVIDAMENTO DE PORTO VELHO AGORA É 2,7% MENOR QUE O NACIONAL

Enquanto o endividamento de famílias brasileiras aumentou 0,2% de agosto para setembro, atingindo 58,2%, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o endividamento das famílias de Porto Velho teve uma queda de -3,1%, caindo de 58,4%, em agosto, para 56,6% em setembro.

Porém, as famílias de Porto Velho tiveram, em relação as dívidas ou contas em atraso, um aumento de 17,9%, em Agosto, para 18,1% em setembro, ou seja, um crescimento de 1,1%. Já no que tange às famílias que não terão condições de pagar caiu significativamente 18,9%. Na comparação com a situação nacional o endividamento de Porto Velho é, no momento, -2,7% menor que o nacional.

Também é 10,2% menor do que em setembro do ano passado quando 63% das famílias estavam endividadas, o que demonstra um maior equilíbrio nas contas das famílias de nossa capital. Os dados de Porto Velho são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), elaborada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia-FECOMÉRCIO/RO feita em parceria com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *