Esposa de jornalista Euro Tourinho, Maria Kang morre aos 89 anos em Porto Velho

Corpo foi sepultado na tarde deste domingo (5), em um cemitério da capital

Maria Kang Tourinho, esposa do jornalista Euro Tourinho, morreu na manhã deste domingo (5), após uma parada cardíaca, em Porto Velho. O corpo foi velado durante o dia e sepultado no cemitério Santo Antônio, durante a tarde, na capital. Aos 89 anos, Maria deixou 9 filhos, 34 netos, 29 bisnetos e um tataraneto.

O filho Eudes Tourinho, disse que no mês de novembro Maria teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e voltou pra casa no dia 31 de dezembro de 2016, quando continuou o tratamento da recuperação em casa.

“Ela veio pra casa e estava tratando as sequelas do derrame, tendo acompanhamento com a fisioterapeuta, fonoaudióloga e estava melhorando. Mas ela já tinha um probleminha no coração e ele acabou parando”, explica o médico.

Com 94 anos, Euro lamenta a morte da companheira mas tentará seguir com a vida normalmente, segundo o filho mais novo. “Papai agora vai sentir um pouco a falta de convivência dos 74 anos de casados, fora os três de namoro. Vai sentir bastante e até agora ele aguentou firme. Ele sabia que podia acontecer a qualquer momento e vai tocar a vida”, desabafa Eudes.

Maria chegou a Rondônia na década de 40, no fim do segundo Ciclo da Borracha, pois o esposo morava em um seringal em Jaci-Paraná e o esposo precisou vir para o estado. Após se acomodarem, Maria se tornou servidora pública estadual, exercendo a função de contadora por 46 anos. Em uma entrevista do G1 no ano de 2014, Maria Kang falou sobre o amor a profissão. “Só deixei de trabalhar porque disseram: ‘Maria, de amanhã em diante a senhora não vem mais’. Eu não chorei porque tenho sangue de chinês e aguentei, mas não queria parar”, declarou na época.

Entidades e autoridades de Porto Velho divulgaram nota de pesar para a família.

G1/RO

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário