O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu nesta segunda-feira (2) a autoria do ataque realizado durante um festival de música country em Las Vegas (EUA) que deixou mais de 50 mortos e 400 feridos. Em um comunicado da agência de notícias Amaq, do EI, cuja autenticidade não pôde ser verificada, o grupo afirma que o autor do atentado é “um soldado do Estado Islâmico”. A informação é da agência EFE.

O ataque foi realizado, segundo a Amaq, como resposta às ações da coalizão internacional, liderada pelos Estados Unidos, contra o Estado Islâmico na Síria e no Iraque.

Segundo a Amaq, em outro comunicado publicado logo após a reivindicação do ataque, é dito que o suposto autor do massacre, identificado como Stephen Paddock, um homem branco de 64 anos e que se suicidou após cometer o massacre, “se converteu ao Islã há vários meses“.

Paddock abriu fogo contra uma multidão de mais de 22 mil pessoas que assistiam a um show a partir de um quarto onde se hospedou, no 32° andar do hotel Mandala Bay, em Los Angeles. No momento do ataque acontecia o festival de música country ao ar livre “Route 91 Harvest Festival”.

Um porta-voz da polícia explicou em coletiva de imprensa que o agressor estava hospedado no hotel desde 28 de setembro. Ainda são desconhecidas as causas pelas quais Paddock decidiu disparar contra o público, segundo informou a polícia local.

Novos ataques descartados

O Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos (DHS) informou nesta segunda-feira (2) que, neste momento, não teme novas “ameaças críveis” de atentados em outras cidades do país, após o tiroteio ocorrido na noite de ontem em Las Vegas (Nevada), que deixou pelo menos 50 mortos e mais de 400 feridos, segundo os últimos dados da polícia.

“Neste momento não temos informações que indiquem nenhuma ameaça crível específica em outros locais públicos do país”, indicaram as autoridades em um comunicado. O DHS apontou contudo que, em todo caso,  medidas de segurança serão reforçadas em locais públicos e as forças da ordem tomarão precauções adicionais.

O Departamento de Segurança Nacional dos EUA está acompanhando a situação e trabalhando com as autoridades locais para ajudar nas investigações e esclarecer a tragédia. A polícia mantém interditada uma ampla área da principal avenida de Las Vegas, cartão postal da cidade pela quantidade de hotéis e cassinos com seus anúncios luminosos.

O suposto autor do ataque, cuja motivação ainda é desconhecida, se suicidou após acometer o massacre, informaram as autoridades.

Com Agência Brasil

Alan Alex

Alan Alex

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *