Estudo sugere que cigarro causa mais câncer em mulheres

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Um estudo divulgado na publicação especializada “Cancer Epidemiology Biomarkers & Prevention” sugere que mulheres fumantes têm mais chances de ter câncer do que homens também fumantes. Os pesquisadores, da Universidade de Tromso, na Noruega, analisaram 600 mil registros médicos e concluíram que a incidência de câncer no intestino é duas vezes maior em mulheres.

As mulheres fumantes têm 19% mais chances de ter a doença do que as não fumantes e entre os homens esse número é 9%. Durante o período em que a pesquisa foi realizada, 4mil pacientes apresentaram câncer no intestino.

Segundo os cientistas, essa é a primeira pesquisa que mostra que mesmo mulheres que fumam menos que os homens têm mais chances de desenvolver a doença. Para eles, isso se dá porque as mulheres seriam mais suscetíveis aos efeitos do cigarro no organismo. Porém, eles ressaltam que no estudo não foi levado em consideração fatores como o estilo de vida do paciente, hábitos alimentares e o consumo de álcool.

Mesmo mulheres que fumam menos que homens têm mais chances de ter câncer no intestino.: Estudo sugere que cigarro causa mais câncer em mulheres © Photl.com Estudo sugere que cigarro causa mais câncer em mulheres.

O estudo também mostrou que os riscos de câncer de intestino são ainda maiores em mulheres que começaram a fumar ainda na adolescência ou aquela que fumaram durante muitos anos da vida. Segundo outro estudo realizado anteriormente, mulheres que pararam de fumar antes de completar 30 anos diminuíram quase que completamente os riscos de uma morte prematura por doenças causadas pelo fumo.

Fumar pode causar 14 tipos de câncer, além de doenças pulmonares e cardíacas. Quem parar de fumar sente os efeitos em poucas semanas: depois de três semanas sem cigarro, a respiração já fica mais fácil e a circulação do sangue melhora. Após um ano longe da nicotina o risco de infarto é reduzido pela metade.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário