“Eu senti como se estivesse sofrendo um gangbang do planeta todo”, diz Jennifer Lawrence sobre vazamento de fotos

A atriz Jennifer Lawrence fez um desabafo sobre quando teve fotos íntimas vazada na internet. O caso aconteceu em 2014 e, numa entrevista ao “The Hollywood Reporter”, ela mostrou sua indignação com o caso e o comparou a algo como um estupro coletivo.

Jennifer diz que até hoje está “processando” o ocorrido. “Quando houve o problema com os hackers, foi uma violação tão grande, que é difícil colocar em palavras. Na primeira vez que soube do que estava acontecendo, meu segurança quem contou. E era algo que se desenrolava minuto a minuto, com fotos sendo publicadas a todo momento.”

A atriz usou um termo da indústria pornô para tentar explicar o que sentiu, o “gangbang”, cena em que uma mulher faz sexo com diversos homens­ mas que numa tradução menos literal pode ser comparado a um estupro coletivo. “Eu senti como se estivesse sofrendo um gangbang do planeta todo. Não havia uma pessoa que não pudesse acessar minhas fotos íntimas. Eu poderia estar em um churrasco com amigos e alguém simplesmente poderia abrir uma foto minha em seu celular. Isso é algo realmente difícil de processar”, afirmou ela.

Na época, outras celebridades foram alvo de hackers. Algumas contataram Jennifer Lawrence. “Elas vieram falar sobre processar a Apple ou outras empresas, mas nada disso me traria paz. Nada traria de volta meu corpo nu só para mim e meu namorado na época, Nic [Hoult], que era a pessoa para quem a foto foi tirada. Então, não me interessei em processar ninguém. Há um ano e meio, alguém me disse como é legal que sou ‘um bom modelo para as garotas’. Mas tive de ir ao banheiro e me recompor, porque me sentia como uma impostora, não entendia como alguém podia achar isso depois de tudo que rolou.”

Lawrence completou com uma frase defendendo sua posição como mulher. “Eu já fui objetificada, já fui paga com desigualdade, fui violada por um hacker, mas nunca deixei um homem usar seu poder para abusar de mim”.

Ainda em 2014, à Vanity Fair, a estrela de “Jogos Vorazes” mostrou preocupação com o futuro de sua carreira.

“Eu tinha tanto medo, não sabia como afetaria minha carreira. Eu me sentia como um pedaço de carne sendo passado por aí, por lucro. Não é porque sou uma figura pública, uma atriz, que pedi por isso. Não acredito que vivemos num mundo assim.”

The Hollywood Reporter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *