EUA diz ter primeiro caso de zika vírus por transmissão sexual

Um paciente do Texas, nos Estados Unidos, seria o primeiro a ter sido infectado pelo zika vírus por meio de relações sexuais, e não pelo mosquito Aedes aegypti – modo mais convencional de transmissão da doença.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Segundo a imprensa local, o morador de Dallas contraiu o microrganismo após ter feito sexo com uma pessoa que foi infectada na Venezuela durante uma viagem recente ao país.

Até o momento, os especialistas tinham apenas a suspeita de que o vírus pudesse ser transmitido desse modo. No entanto, o Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC) ainda não confirmou esse tipo de transmissão.

O que se sabe até agora é que no Brasil, os casos de zika vírus estão associados ao aumento de ocorrências de microcefalia em bebês. A Organização Mundial de Saúde (OMS) já decretou a relação como uma situação de emergência na saúde pública internacional

*Com Ansa

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário