Ex-namorado de diarista a matou para roubar R$ 60 mil que ela recebeu de ex-patrões

Um homem de 33 anos foi preso suspeito do latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou a diarista Islene Severino de Lima, de 44 anos. Os investigadores da delegacia de Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, prenderam o suspeito na manhã de quarta-feira (31), próximo a Praça do Japão, no bairro Água Verde, na capital.

O rapaz não reagiu a prisão e foi encaminhado até a delegacia. Além da prisão, um mandado de busca e apreensão foi cumprido na residência do suspeito, localizada no bairro Rio Verde, em Colombo, onde o celular da vítima foi encontrado.

O crime aconteceu no dia 2 de agosto do ano passado, quando a vítima foi morta em sua residência, no bairro Rivabem, em Campo Largo, após ser brutalmente espancada. As mãos e os pés dela foram amarrados e, segundo exames feito no local, Islene foi asfixiada com um travesseiro.

Islene era diarista e foi morta em agosto do ano passado. (Foto: Reprodução)

Após cometer o crime, o suspeito levou o carro da vítima, um Sandero preto e uma certa quantia em dinheiro. Segundo informações apuradas pela polícia, a vítima havia recebido o valor de R$ 60 mil de um acerto de um antigo emprego.

“Há suspeitas de que este homem tinha um relacionamento com a vítima e sabia da existência desse dinheiro. As investigações ainda estão em andamento para saber quanto este suspeito levou no dia do crime”, explicou o delegado-titular da Delegacia de Campo Largo, Cassiano Lourenço Aufiero.

Durante as investigações, foi possível rastrear o número de celular do suspeito e descobrir sua localização no dia do crime. “Com o número de celular, foi comprovado que o suspeito estava na casa da vítima no dia do crime”, informou o delegado.

Investigações

A Polícia Civil deu início às diligências para investigar o suspeito a partir do dia 4 de agosto do ano passado, quando o homem foi preso junto com outra pessoa, com o carro da vítima. Na época dos fatos, o homem foi autuado em flagrante pelo crime de receptação, pois alegou à polícia que havia comprado o veículo de terceiros.

O homem responderá pelo crime de latrocínio e aguarda preso à disposição da Justiça. As investigações continuam para identificar outras pessoas que possam estar envolvidas no crime.

BandaB

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário