Falta de salário faz servidores enfrentarem fila por cestas básicas

Governo do Rio alega falta de recursos para pagar as duas primeiras parcelas dos salários de novembro por conta do calote na União de milhões.

Passa de 35 dias o atraso de salário dos pensionistas e trabalhadores do Rio de Janeiro. O último depósito do estado feito em suas contas foi no dia 16 de novembro. E a cenário deve permanecer o mesmo. O Governo alega falta de recursos para pagar as duas primeiras parcelas dos salários de novembro por conta do calote na União de milhões.

A preocupação pôde ser vista nas extensas filas para conseguir uma cesta básica de Natal, na porta do Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais do Rio (Muspe), na manhã desta quinta-feira (22). “Nós não temos 13º, nem salário. Então a cesta doada será nossa ceia de Natal”, disse uma servidora em entrevista ao G1.

Um bloqueio nas contas do estado tem sido o motivo do atraso. A União levou um calote de R$ 128 milhões. O novo calendário deve ser divulgado na próxima segunda-feira (26).

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário