Família de Muhammad Ali lança campanha contra Donald Trump

O filho de Ali e sua mãe lutam pelo fim do veto imigratório do presidente americano.

A família do boxeador Muhammad Ali lançou uma campanha contra o veto migratório do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O filho da lenda do esporte, Muhammad Ali Jr., e sua mãe, Khalilah Camacho Ali, querem lutar pelo fim da discriminação religiosa promovida pelo republicano e promover a “justiça” no país.

Os dois participarão de uma reunião no Conselho Democrata em Washington nessa quinta-feira para discutir a campanha “Step Into The Ring”, ou “Entre no Ringue” em português. O objetivo do movimento é atrair atenção para a causa com base no apoio de grandes ex-boxeadores, como Evander Holyfield, Larry Holmes e Roberto Duran.

A campanha também busca lutar diretamente contra as políticas imigratórias do presidente americano, consideradas discriminatórias pela família de Muhammad Ali. Eles estão, inclusive, divulgando o sentimento anti-Trump nas redes sociais, com o uso de uma hashtag no Twitter: #AlivsTrump.

“Se eu não falar nada agora, eles vão continuar a nos agredir”, disse Khalilah ao lançar a campanha. “Nós, como uma família, estivemos lutando contra isso por muito tempo. Nós vamos continuar a lutar por justiça religiosa”, completou.

Khalilah e sua família foram detidos no setor de imigração de um aeroporto na Flórida em fevereiro. Eles foram interrogados sobre sua ascendência e religião por quase duas horas. O filho de Muhammad Ali e sua mãe disseram ter se sentido alvo de discriminação apenas por serem muçulmanos e terem nomes árabes.

Fonte: veja.com

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário