FHC sofre ataques e xingamentos após elogiar Dilma

FHC passa a ser chamado de gagá e vítima da doença de Alzheimer após afirmar que Dilma é mulher séria e honrada. Movimento pró-impeachment diz que o ex-presidente tucano é “traidor” e “socialista disfarçado”

Em recente entrevista à revista alemã de economia Capital, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que a atual presidente da República não está envolvida no escândalo de corrupção na Petrobras, investigado pela operação Lava Jato.

“Eu a considero uma pessoa honrada, e não tenho nenhuma consideração por ódio na política, também não pelo ódio dentro do meu partido, ódio que se volta agora contra o PT”, afirmou FHC.

Ao comentar possíveis investigações contra Lula, Fernando Henrique ponderou que, para ele [Lula] seja preso, é preciso que haja algo “muito concreto” e que isso dividiria o país, já que ele é um líder popular.

“Não se deve quebrar esse símbolo (Lula), mesmo que isso fosse vantajoso para o meu próprio partido. É necessário sempre ter em mente o futuro do país”, disse o ex-presidente tucano.

FHC também chegou a elogiar Lula: “Ele certamente tem muitos méritos e uma história pessoal emocionante. Um trabalhador humilde que conseguiu ser presidente da sétima maior economia do mundo.”

Após a publicação da entrevista e de toda a consequente repercussão gerada, o ex-presidente tucano passou a ser alvo de ataques nas rede sociais por grupos que defendem o impeachment de Dilma e que querem que Aécio Neves assuma a Presidência da República.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário