Força Nacional e PF farão reforço na fronteira do país

Por determinação do Ministério de Segurança Pública, operação dará apoio ao policiamento até no apoio ao policiamento até novembro

O Ministério de Segurança Pública anunciou nesta quinta-feira (19/7), a Operação Fronteira Segura, que contará com o reforço de cerca de 300 agentes da Polícia Federal (PF) e da Força Nacional para garantir a segurança de pontos estratégicos em nove estados do país. A cidade de Campo Grande (MS) será a base da força-tarefa.

A informação foi divulgada durante a abertura do Fórum Permanente de Segurança na Fronteira de Mato Grosso do Sul, na capital do estado.

“Esse efetivo tem como missão cumprir o dever do governo federal de reforçar a presença nos postos avançados, prestando pronto-atendimento a demandas de polícia dentro de suas atribuições e provendo a segurança local”, explicou Raul Jungmann.

“Esse trabalho é fundamental para prevenir e reprimir crimes transnacionais, especialmente a entrada no país de drogas e armas”, definiu o ministro.

O comando da operação em Campo Grande será responsável pelo apoio operacional e administrativo. A distribuição do efetivo será feita nos postos avançados de fronteira, conforme necessidade operacional e planejamento da PF, inicialmente, em nove estados: Acre (AC), Amapá (AP), Amazonas (AM), Mato Grosso do Sul (MS), Pará (PA), Paraná (PR), Rondônia (RO), Roraima (RR) e Santa Catarina (SC).

O suporte da Força Nacional à PF nos postos de fronteira será feito até o fim de novembro de 2018, prazo que pode ser prorrogado, se necessário.

Fonte: metropoles

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário