General do Exército já havia sido demitido por declarar apoio à ditadura
O general Antônio Hamilton Martins Mourão que deu declarações a oficiais da reserva afirmando que o Brasil precisava retornar ao regime militar, havia sido demitido do cargo de Comandante Militar do Sul pelo Comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas em 2015, quando ele foi transferido para a Secretaria de Economia e Finanças do Exército, em Brasília. A informação é do jornal Estadão.
Em evento na semana passada, o general fez duras críticas à classe política afirmando que “Uma intervenção militar poderia ser adotada se o Judiciário “não solucionasse o problema político”. Lá convocou os presentes para o “despertar de uma luta patriótica”.
O Comando Militar do Sul, até então presidido por ele, também realizou uma homenagem póstuma ao coronel Brilhante Ustra, responsável por torturar presos durante a  Ditadura.

 

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *