OAB entra com ação no Supremo para assegurar constitucionalidade de cotas

In Advocacia, Brasil, Direito & Justiça

A Ordem dos Advogados no Brasil (OAB) entrou com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para que a Corte declare a constitucionalidade da Lei nº 12.990/2014, que reserva 20% das vagas em concursos públicos para negros nos órgãos da administração federal.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]A ação foi protocolada uma semana após um juiz da Paraíba garantir a um candidato aprovado em um concurso público para o Banco do Brasil direito a ser nomeado na frente de candidatos que se autodeclararam negros e que obtiveram notas menores. Na decisão, o juiz considerou a lei inconstitucional.

Para a OAB, a implementação das cotas nas seleções para o serviço público é um instrumento necessário para combater a discriminação racial. Além disso, a entidade entende que o sistema cotas em concursos e nas universidades públicas não configura tratamento privilegiado à população negra. “Contudo, como já restou amplamente demonstrado, não se trata de privilégio, mas de correção das distorções sociais historicamente consolidadas”, diz a Ordem.

 

Na ação, a OAB também lembrou que o STF reconheceu, em 2012, a validade da reserva de vagas nas universidades públicas com base no sistema de cotas. A ação declaratória de constitucionalidade foi distribuída para o ministro Roberto Barroso. Ainda não há previsão para julgamento.

 

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

Coluna – Ser contra o Uber é ir contra à população de Porto Velho

Espalhe essa informação E ainda, Lúcio Mosquini vai para a China e diz que “resolveu a crise da carne”,

Read More...
Grupo encontra 150 pegadas de dinossauros

Grupo encontra 150 pegadas de dinossauros

Espalhe essa informação Descoberta de rastros de 21 espécies de animais na Austrália corresponde ao conjunto mais variado do

Read More...
Reforma trabalhista será apresentada até 12 de abril, diz relator

Reforma trabalhista será apresentada até 12 de abril, diz relator

Espalhe essa informação Segundo deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), o texto recebeu 841 sugestões de emendas, abordando diversos temas. O

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu