Governo do RS anuncia 500 PMs aposentados para escolas e videomonitoramento

Governador fez comunicado na manhã desta segunda (3). Sartori destacou que medidas de pacote têm de ser aprovadas na Assembleia.

Os PMs da reserva já estão sendo selecionados e, antes de voltar à ativa, irão passar por um curso de reciclagem, que dura um mês. O estado vai pagar R$ 2,4 mil além do que os policiais já recebem de aposentadoria.O governador José Ivo Sartori comunicou na manhã desta segunda-feira (3) em Porto Alegre que 500 policiais militares aposentados serão chamados para atuar em escolas, em videomonitoramento e em serviços administrativos.
Também disse que 683 aprovados em concursos serão convocados, sendo a maioria PMs, além de policiais civis, bombeiros e para a área da saúde na Brigada Militar.
“Está em andamento o chamamento de 500 militares aposentados para escolas, videomonitoramento e serviços administrativos (…) Entre quem está na ativa, quem está em formação, e os concursos abertos, estamos falando de 4 mil pessoas trabalhando a mais na segurança pública até o fim de 2017”, ressaltou.
Os PMs da reserva já estão sendo selecionados e, antes de voltar à ativa, irão passar por um curso de reciclagem, que dura um mês. O estado vai pagar R$ 2,4 mil além do que os policiais já recebem de aposentadoria.
Sartori elencou outros projetos, como permuta de imóveis para ampliar vagas prisionais e abertura de um novo concurso nos próximos meses, porém, condicionou as movimentações dentro da Segurança Pública à aprovação de medidas do pacote contra a crise financeira que segue em votação na Assembleia Legislativa.
“Desde que os projetos e os processos que estão em andamento na Assembleia Legislativa sejam aprovados. Caso contrário, nós continuaremos com os mesmos problemas e as mesmas dificuldades”, argumentou o governador.
“Não existe dinheiro suficiente, mas estamos investindo no que é possível”, completou.
Entre os projetos que tramiram na Assembleia, está o que prevê estímulos para manter policiais na ativa e a reforma previdenciária para ampliar em média três anos a prestação de serviços dos PMs.
O anúncio foi feito no mesmo dia em que a Escola Estadual Engenheiro Ildo Meneghetti, na Zona Sul de Porto Alegre, foi mais uma vez arrombada. Segundo a direção, já são quase 20 invasões na instituição somente neste ano.

Fonte: g1/rs

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário