Grupos anti-Dilma lançam boneco de ministro contra voto impresso; o  ‘Toffoleco’

Depois do ‘Pixuleco’ e da ‘Dilmintira’, grupos favoráveis ao impeachment da presidente Dilma Rousseff lançaram o ‘Toffoleco’, boneco que satiriza o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O boneco inflável de mais de dez metros de altura critica o posicionamento do magistrado a respeito da impressão de registro de votos na urna eletrônica, aprovada pelo Congresso Nacional, na semana passada.

A medida derrubou veto da presidente Dilma Rousseff sobre o tema, já que a União, contrária ao voto impresso, calcula um prejuízo de R$ 1,8 bilhão a cada eleição em que ela for aplicada.

“Toda a concepção da urna se baseou em acabar com a intervenção humana, que é a intervenção humana que não deixa as digitais muitas vezes”, opinou Toffoli sobre a medida.

“Todo o processo eletrônico de votação tem como se fazer auditoria e se verificar se houve alguma tipo de problema. Do ponto de vista técnico a Justiça eleitoral é contrária à introdução do voto impresso.”

Pressionados por grupos anti-Dilma, que acusam a urna eletrônica de ser passível de fraude, parlamentares da oposição aprovaram a impressão do voto.

Toffoleco
Toffoleco
Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário