Há 3 anos, morria assassinado o músico Zezinho Maranhão

Compositor e cantor foi morto à facadas pela sobrinha

Brasília – Em 7 de novembro de 2013 o cantor e compositor de músicas regionais Zezinho Maranhão morria, após ser esfaqueado em sua residência, localizada no centro de Porto Velho. Ele foi lesionado no coração pela sobrinha, identificada como Lorrana (25). Segundo informações da família ele estava dormindo e quando foi abordado por ela, que sem dizer nada já o esfaqueou.

Zezinho caiu agonizando e chegou a ser atendido pela família, que entrou em desespero. O músico chegou a ser conduzido ao Hospital João Paulo II, porém não resistiu ao ferimento.

Lorrana foi presa em flagrante, próxima do local, ainda com a arma do crime e encaminhada a Central de Polícia.

Em setembro de 2014, a sobrinha do músico foi condenada a 13 anos e 6 meses de reclusão pelo Tribunal de Justiça de Rondônia,

Zezinho Maranhão era um dos mais destacados artistas regionais de Rondônia. Tinha CDs gravados e ganhou vários concursos musicais. Artistas e amigos destacaram o legado cultural deixado pelo cantor.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário