Homem cria perfil falso com nome de mulher para assediar menina

Um homem de 29 anos usava um perfil falso com nome de mulher em uma rede social para assediar uma menina de nove anos e pedir fotos íntimas da vítima. O suspeito foi preso em flagrante na noite dessa quinta-feira (28) em Mirante do Paranapanema (SP). O homem também enviada imagens de homens e mulheres nus para a criança.

Segundo o G1, os pais se passaram pela vítima e marcaram um encontro com o homem. Com a ajuda da Polícia Civil, o suspeito foi preso.

O boletim de ocorrência indica que a mãe tomou conhecimento de que no início do mês de setembro sua filha recebeu uma solicitação de amizade de uma mulher na rede social. A menina passou a conversar com a nova ‘amiga’ e a mãe notou uma mudança drástica no comportamento da filha, que passou a se trancar no banheiro, levando consigo o telefone celular.

Os pais marcaram um encontro com a suposta ‘amiga’, que na verdade era um homem, e os policiais realizaram a abordagem do suspeito. Ele foi levado para a delegacia e confessou que criou um perfil falso e mantinha conversas com a menor.

Ainda de acordo com o G1, o caso foi registrado com fundamento no artigo 241-D do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que trata sobre aliciar, assediar, instigar ou constranger, por qualquer meio de comunicação, criança, com o fim de com ela praticar ato libidinoso. A pena para este crime é de um a três anos de reclusão e multa.

A Polícia Civil estipulou fiança no valor de R$ 5 mil, mas o suspeito não pagou e permanece preso. O homem de 29 anos foi encaminhado para a Cadeia de Presidente Venceslau e será apresentado à Justiça em audiência de custódia na tarde desta sexta-feira (29).

Fonte: noticiasaominuto

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário