Homem morre após tomar analgésico todos os dias por cinco anos

A vítima chegou ao local vomitando sangue e revelou aos médicos o uso indiscriminado do medicamento.

A morte de um homem na cidade de Grimsby, Reino Unido, serve de alerta para as pessoas que fazem uso indiscriminado de analgésicos. Gary Hanley, 52 anos, morreu após sofrer uma hemorragia gástrica. Esse quadro foi ocasionado após ele ter uma úlcera devido ao consumo de remédio para dor todos os dias durante cinco anos.

Segundo informações da imprensa local, Gary chegou ao hospital vomitando sangue. Os médicos fizeram uma bateria de exames e perguntaram se tomava algum medicamento. O homem disse, então, que tomava doses diárias de um analgésico. “Esse tipo de remédio é conhecido para contribuir com a ulceração da parede do estômago”, disse Paul Kelly, responsável pela investigação da morte, ao Grimbsy Telegraph.

Gary era casado há 31 anos com Wendy Hanley. Segundo a mulher, o marido começou a sentir dores de cabeça após ser espancado ao sair de um bar na cidade. “Ele tomava o analgésico ao notar a menor presença da dor. Eu sinto muita falta dele. Ele era trabalhador, decente. Sou muito orgulhosa de dizer que era sua esposa”, contou.

Fonte: metrópoles.com

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário