Idosa de 74 anos é agredida por taxista após dizer que Uber é melhor
Uma mulher de 74 anos e a filha dela, de 50, foram agredidas por um taxista na tarde desta segunda-feira, na Rua Padre Eustáquio, no bairro de mesmo nome, na Região Noroeste de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), a agressão foi motivada por uma discussão a respeito do trajeto escolhido pelo motorista. 
Em seu depoimento, a idosa relatou ter iniciado a viagem no Bairro Lourdes, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Ela conta que reclamou com o taxista depois de ele ter seguido por um caminho diferente do que ela queria.
Segundo a PM, o motorista se irritou quando a idosa pediu para que ele ficasse em silêncio. Ainda segundo a PM, o taxista expulsou as passageiras do carro por elas afirmarem que preferiam utilizar o aplicativo Uber. Fora do veículo, ele começou a agredi-las com chutes e socos. Um dos golpes acertou o olho da idosa e, o outro, o peito da filha dela.
Testemunhas relataram aos militares que o taxista ainda arrancou uma sacola da mão da idosa antes de fugir do local. Segundo as passageiras, na sacola estava uma saia comprada pela mulher de 50 anos e o seu celular, um Iphone 6. 
A polícia procura pelo taxista que, até a tarde desta segunda-feira, ainda estava foragido. Moradores do bairro socorreram as vítimas e conseguiram anotar a placa do carro, um Fiat Linea.
Fonte: correiobraziliense

 

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário