Jaqueline Cassol está de olho no Senado em 2018

Mudança de partido indica que representante da família Cassol pode substituir o irmão

Porto Velho — Com a impossibilidade de poder disputar a reeleição em 2018, o senador Ivo Cassol já prepara sua substituta ao Senado e será [su_frame align=”right”] [/su_frame]sua irmã, a advogada Jaqueline Cassol, terceira colocada nas eleições 2014, quando disputou o governo. Jaqueline anunciou sua saída do Partido da República (PR), legenda em que era vice-presidente e filiou-se ao Partido Progressista (PP), comandado por Ivo Cassol.

Segundo a advogada, “a decisão de deixar o PR ocorreu após receber um convite do Partido Progressista”. A filiação deverá ser efetivada no dia primeiro de agosto, durante a convenção do partido no município de Ji-Paraná. “Quero caminhar ao lado do meu irmão, senador Ivo Cassol, presidente de honra do PP, pois sempre deixei claro o respeito e afinidade que tenho por ele. Logo, não poderia deixar de aceitar o convite da sigla”, explicou.

Existe a possibilidade de Jaqueline disputar a prefeitura de Porto Velho em 2016, mas o foco é o senado. Em 2014, Ivone Cassol, esposa do senador Ivo Cassol também disputou a vaga e perdeu para Acir Gurgacz, que foi reeleito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *