Jean Wyllys é condenado a indenizar procuradora por ofensa na internet

O deputado federal Jean Wyllys foi condenado a pagar uma indenização de R$ 40 mil por ter ofendido, nas redes sociais, a procuradora aposentada do DF Beatriz Kicis Torrentis de Sordi. A decisão foi da 5ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do DF e Territórios, que acatou relatório do desembargador Josaphá Francisco dos Santos.

Segundo o site Metrópoles, a inédita sentença no âmbito do Judiciário local abre precedente contra a prerrogativa parlamentar de imunidade quando eles emitem opinião, pelo menos nos casos de danos morais.

Beatriz Kicis estava no grupo e em uma imagem postada pelo parlamentar em uma rede social. Ofendida, ela entrou com a ação contra o ex-Big Brother. A Justiça brasiliense determinou, ainda, a retirada da publicação (que teve 20 mil curtidas e 6.454 compartilhamentos) nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *