Jipeiros alertam para viagens pela BR 319

Trafegar pela BR 319, no trecho de Humaitá a Manaus, não é aconselhável se você estiver sozinho ou com um carro que não tenha tração nas quatro rodas. O alerta é do Jeep Clube de Porto Velho, que no feriado de carnaval realizou uma trilha pela rodovia até o município de Manicoré e prestou socorro a vários carros e ônibus que estavam atolados.

A BR 319 foi recentemente recuperada pelo Dnit que, inclusive, reabriu o ramal para se chegar a Manicoré. Segundo os jipeiros, o trabalho foi muito bem feito, permitindo até mesmo a reativação de linha de ônibus entre Porto Velho e Manaus, que estava interrompida há mais de duas décadas. Muitas pessoas, com veículos convencionais, passaram a fazer a viagem até a capital amazonense.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]O problema, alerta os integrantes do Jeep Clube, é que as intensas chuvas deste período estão danificando a estrada, criando atoleiros e tornando a rodovia escorregadia. Se a viagem for feita em um dia de sol, provavelmente não haverá problemas, mas se chover é possível que os carros atolem, avisa Jailson Miguel, Presidente recém eleito do Jeep Clube.

Para quem pretende viajar para Manaus, Jailson recomenda que utilize um carro com tração nas quatro rodas. Se não for possível, que siga em companhia de outros carros para haver ajuda no caso de atoleiros. O Presidente do Jeep Clube chama atenção para o fato de não existir postos de combustível ou ponto de apoio em um percurso de quase 400km.

As informações são de Alexandre Badra

Deixe um comentário