Jorge Zelada pode entregar Michel Temer, vice-presidente da República

Delcídio Amaral, senador petista preso na manhã desta quarta-feira em Brasília disse que teve conversas com ministros do Supremo e com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), que, segundo ele, estaria muito preocupado com uma eventual delação de Jorge Zelada.

“O Michel conversou com o Gilmar também, porque o Michel tá muito preocupado com o Zelada”, disse Delcídio.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Jorge Zelada é ex-presidente da área internacional da Petrobrás e foi preso em julho desse ano na 15ª fase da Operação Lava-Jato, batizada de “Mônaco”.

Zelada assumiu a diretoria Internacional em 2008, quando Nestor Cerveró passou para a BR Distribuidora. Em 2012, foi demitido do cargo. Zelada é investigado por corrupção, fraude em licitações, desvio de verba pública, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

No despacho que justificou a prisão, o juiz Sérgio Moro destacou como “a prova mais contundente do envolvimento de Jorge Zelada em crimes de corrupção a descoberta de que ele manteria contas secretas no exterior, com saldos milionários”.

A força-tarefa da Lava Jato identificou que Zelada fez transferências de contas na Suíça para Mônaco, e de Mônaco para China. Os procuradores bloquearam em Mônaco 11 milhões de euros, cerca de R$ 38 milhões. Na China, a investigação rastreou uma movimentação de US$ 1 milhão, algo em torno de R$ 3 milhões.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário