Juíza adia para maio audiência de processo que tem Eike Batista como réu

Empresário é acusado dos crimes de manipulação de mercado e uso de informação privilegiada

A juíza federal Rosália Monteiro Figueira, da 3.ª Vara Federal Criminal do Rio, decidiu adiar desta terça-feira, 21, para o dia 8 de maio, às 14 horas, a audiência do processo que tem como réu o empresário Eike Batista. O fundador do grupo, que está preso por causa de outro processo, é acusado dos crimes de manipulação de mercado e uso de informações privilegiadas (insider trading) na negociação de ações da empresa de construção naval do grupo, a OSX.

A juíza assumiu a titularidade da 3.ª Vara Federal Criminal no último dia 15. “A remoção desta magistrada para este juízo, ocorrida em 15/02/2017, a necessidade de ter conhecimento de todo processado nestes autos, a fim de melhor conduzir a instrução criminal, inviabiliza a realização da audiência na data (amanhã)”, decidiu no último dia 17.

A primeira audiência ocorreu em dezembro do ano passado e teve o depoimento de testemunhas convocadas pela acusação.

É o terceiro juiz a assumir esse processo. O primeiro, o juiz federal Flávio Roberto de Souza, foi afastado do caso após uma série de polêmicas. Em uma das mais simbólicas, Souza foi flagrado ao volante de um Porsche Cayenne branco apreendido na casa do empresário por determinação judicial. Após isso, Vitor Barbosa Valpuesta assumiu como titular em exercício, mas foi substituído por Rosália Monteiro Figueira que assumiu a titularidade da Vara definitivamente.

Fonte: oestadão.com

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário