Justiça determina arresto das contas do Estado para que Pezão pague o Judiciário

O cerco está se fechando sobre Luiz Fernando Pezão: ontem, o juiz Leonardo Grandmasson determinou que o governador pague os salários de janeiro dos servidores do Judiciário fluminense até terça-feira e não no sétimo dia útil de fevereiro, como ele queria.

Pezão, de pronto, declarou que o estado não tinha dinheiro para pagar.

Mas uma nova decisão do Judiciário complicou a vida do governador: a partir de uma ação impetrada pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário, a 9ª Vara de Fazenda Pública decidiu arrestar R$ 265 milhões das contas do Estado do Rio de Janeiro para que o pagamento seja efetivado.

A decisão veda que o dinheiro saia das verbas destinadas a serviços públicos essenciais, como saúde, educação ou segurança pública.

O bloqueio determinado pela Justiça ainda não ocorreu. No Palácio Guanabara o clima é de desolação. Ninguém sabe ainda qual conta será bloqueada.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *