Justiça determina prisão de filho de Pelé

Ele já havia sido preso com outras 17 pessoas pela Operação Indra, em junho de 2005, por associação ao tráfico e lavagem de dinheiro

A história do ex-goleiro do Santos Futebol Clube e filho de Pelé, Edson Cholbi do Nascimento, o Edinho, ganhou mais um capítulo na última quinta-feira (23). O Trbunal de Justiça do Estado de São Paulo pediu a prisão de Edinho por associação tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Segundo o advogado de Edinho, Eugênio Malavasi, o seu cliente irá se apresentar espontaneamente quando o pedido de prisão for pedido pela 1ª Vara Criminal de Praia Grande. “Ele já me falou que assim que sair, ele vai se apresentar. Mas vamos entrar com um pedido de habeas corpus para revogar a prisão dele”, antecipou o advogado, em entrevista ao G1, nesta sexta-feira (24).

Relembre o caso

O filho de Pelé foi preso com outras 17 pessoas pela Operação Indra, em junho de 2005. Ele foi acusado de ligação com uma organização de tráfico de drogas comandada por Naldinho, na Baixada Santista. Após seis meses em prisão provisória, foi solto com liminar em habeas corpus concedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Em 2014, o ex-goleiro foi condenado pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação ao tráfico de drogas.

Fonte: noticiasaomiinuto

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário