Lebrão e Martins arranjam desculpas e já começam a assar a pizza

[su_frame align=”right”] [/su_frame]A Comissão Especial da Assembleia Legislativa, instalada para apurar denúncias apresentadas pelos servidores públicos Edivaldo Coelho da Silva e Francisco das Chagas Barroso, contra o governador Confúcio Moura (PMDB), se reuniu na tarde desta segunda-feira (08).

Com a presença dos deputados estaduais Euclides Maciel (PSDB), presidente; José Lebrão (PTN), vice-presidente e Edson Martins (PMDB), relator; foram entregues cópias das representações contra o governador e dos ofícios encaminhados ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), solicitando as cópias do Inquérito 784, da Operação Plateias, deflagrada pela Polícia Federal.

“Até o momento, os documentos não foram encaminhados pelo STJ à Comissão, o que dificulta os trabalhos e com o tempo curto, já que são apenas 10 dias para a conclusão dos trabalhos, fica inviável haver um aprofundamento na apuração dos fatos”, destacou o deputado Euclides Maciel.

Como o prazo para a finalização do relatório é a próxima sexta-feira (12), o trabalho fica ainda mais comprometido, já que não há tempo hábil para o levantamento de informações, uma vez que a Comissão não teve acesso ao inquérito.
Os deputados foram informados pela assessoria da Comissão Especial de que uma nova representação, envolvendo o mesmo processo, foi recebida pela Assembleia Legislativa e deverá ser lida na sessão desta terça-feira (09).
Ficou definido que será realizada uma reunião nesta terça-feira, após a sessão ordinária da Assembleia Legislativa.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário