Léo Moraes e Hildon Chaves disputam segundo turno em Porto Velho

Capital rejeitou atual prefeito Mauro Nazif (PSB) que ficou em terceiro lugar

Brasília – A população de Porto Velho apostou na mudança e mandou para o segundo turno dois novatos no Executivo, o deputado estadual Léo Moraes (PTB) e o ex-promotor de Justiça Hildon Chaves (PSDB), que vão disputar, no próximo dia 30, quem vai governar a capital de Rondônia pelos próximos 4 anos.

A saída de Mauro Nazif do processo foi uma surpresa, já que todas as pesquisas de opinião garantiam o prefeito em segundo turno, mas projeções mostravam sua derrota em segundo turno com qualquer candidato.

Mas a ida dos dois novatos não é uma surpresa total. Surpreendente foi a baixa votação de candidatos como Williames Pimentel (PMDB), ex-secretário de saúde do Estado, que ficou em quarto lugar e teve pouco mais de 31 mil votos.

Em quinta colocação ficou o deputado estadual Ribamar Araújo (PR), com pouco mais de 11 mil votos e em quinta posição o candidato do PSOL, Pimenta de Rondônia, que teve pouco mais de 2 mil.

O ex-prefeito Roberto Sobrinho (PT) que concorreu por força de recursos judiciais, teve o registro de candidatura indeferido e seus mais de 25 mil votos não foram computados. Roberto não ganhou, mas atrapalhou, e muito a vida do prefeito Mauro Nazif, já que ambos disputam no mesmo nicho eleitoral.

E muita gente deixou de votar, foram mais de 7 mil votos em branco e 32,6 mil votos nulos (incluindo a votação do candidato do PT).

 

1 comentário em “Léo Moraes e Hildon Chaves disputam segundo turno em Porto Velho”

Deixe um comentário