Luiz Cláudio e pede desbloqueio de recursos para UNIR E IFRO

Numa reunião com o ministro da Casa Civil Eliseu Padilha nesta terça-feira, 17, no Palácio do Planalto, o deputado Luiz Cláudio juntamente com o senador Ivo Cassol cobraram a liberação de recursos federais para o Instituto Federal de Rondônia – IFRO, para a Fundação Universidade Federal de Rondônia – UNIR e para a Emater .

IFRO

O deputado explicou a importância do descontingenciamento dos recursos, que serão empregados na construção de novas unidades do IFRO nos municípios de Jarú e São Miguel do Guaporé, no valor de R$1,2 milhão de emenda da bancada alocada na Lei Orçamentária de 2017. Cassol lembrou ao ministro que o Instituto Federal de Rondônia – IFRO atua na oferta de educação profissional e tecnológica em diversos níveis e tem papel importante na formação dos jovens do estado.

UNIR

Já para a UNIR também houve pedido de descontingeciamento de R$3,9 milhões de emendas parlamentares para serem usados em investimento e na manutenção da Universidade. Cassol alertou que até agora foi empenhado apenas 60% dos recursos previstos no orçamento de 2017 para a Universidade Federal de Rondônia. “Contingenciar recursos para a educação é algo que prejudica a sociedade como um todo. Pedi ao ministro a liberação desses recursos para garantir melhor educação aos nossos jovens de Rondônia”, alertou Cassol.

EMATER

Foi cobrado também o descontingenciamento de R$4,5 milhões para a Emater do Estado de Rondônia. Há meses, Luiz Cláudio e o senador Ivo Cassol denunciou o esvaziamento feito pelo governo da Cooperação na empresa que presta assistência técnica aos produtores rurais do estado. Segundo o senador, o atual governo sucateou o órgão e acabou com projetos importantes como o Inseminar, o programa 5 horas Máquina, o projeto de distribuição de sementes de milho, feijão e arroz, além da vacinação das novilhas de gado leiteiro.

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário