Luiz Cláudio vai levar o Banco de Desenvolvimento da América Latina para Rondônia

O deputado federal Luiz Cláudio (PR-RO) participou ontem de audiência com o diretor representante do Banco de Desenvolvimento da América Latina, Victor Rico Frontaura, com o objetivo de explanar, as reais condições econômicas do Estado e solicitar apoio aos projetos de infraestrutura, saneamento e principalmente na área da Assistência Técnica Rural.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]O CAF é um banco de desenvolvimento constituído desde 1970 e atua em 19 países, dos quais, 17 são da América latina e ainda Espanha e Portugal  com 14 bancos privados na região.

“Esse banco, promove um modelo de desenvolvimento sustentável, mediante operações de crédito, recursos não reembolsáveis e apoio a estruturação técnica e financeira de projetos dos setores público e privado de toda a América Latina”, frisou.

Luiz Cláudio apresentou ao representante do banco todo o diagnóstico socioeconômico  do setor produtivo e das organizações de produtores rurais, com o propósito de demonstrar a viabilidade econômica e financeira, objetivando apoio ao financiamento dos projetos a serem apresentados do setor público e privados.

Após a explanação dos diversos setores de Rondônia, o diretor representante que gostou bastante do que ouviu, na apresentação elaborada pela assessoria do parlamentar, se prontificou em ir para Rondônia em setembro próximo, e para isso, designou de pronto o deputado Luiz Cláudio como o organizador da agenda do banco para Rondônia, em reuniões que pretende ter com o setor público e privado.

Luiz Cláudio lembrou que o CAF além de financiar instituições públicas, como os Estados e municípios com recursos reembolsáveis com juros de 2,2% ao ano, ele também vai poder financiar entidades organizadas como as associações de produtores rurais e cooperativas com recursos não reembolsáveis, ou seja, não tendo necessidade de pagamento, principalmente para ações na área social e ambiental.

“Com a importância que  essa instituição tem, vamos levar esse banco para ajudar os projetos viáveis no Estado de Rondônia”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *