Mãe ofereceu sexo em troca da morte do filho de 7 anos em Salvador

O assassinato aconteceu 2015 e novas informações vieram à tona este mês após a prisão do executor do crime

Um ano e meio após a morte do menino Carlos Henrique Maia Moura Santos, de 7 anos, o crime passa por uma reviravolta. Em janeiro de 2015, ele foi encontrado morto em um córrego no município de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, após ter sido levado enquanto brincava na frente da casa, quando passava as férias com a mãe.

De acordo com o R7, Alessandra Moura seria a mandante do assassinato do próprio filho. A revelação veio à tona após a prisão de José Nilton, acusado de ser o executor do crime no dia 10 de agosto deste ano. Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas e na delegacia confessou a assassinato.

Segundo a polícia, ele disse que o homicídio foi encomendado pela mãe da criança após o menino ouvir uma conversa entre eles sobre um roubo a banco. Nilton disse que a mulher teria prometido para ele uma noite de amor para que executasse o crime, que, segundo ele, nunca aconteceu.

Na época, o padrasto do menino foi preso como principal suspeito, mas depois foi liberado. Os novos fatos deixaram a população revoltada.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário