Maior portal do país, UOL mostra saga criminosa da família Donadon

Melki invadiu, acompanhado de capangas, uma gráfica em Vilhena e levou todo o material que havia sido impresso

Maior portal do país, UOL mostra saga criminosa da família Donadon
Maior portal do país, UOL mostra saga criminosa da família Donadon

Nem Marcos, nem Melkizedeck, nem Ângelo, Marlon ou Natan Donadon poderão disputar qualquer cargo público nas eleições municipais de domingo. Todos os parentes com este sobrenome foram barrados pela Lei da Ficha Limpa. Eles foram condenados em segunda instância pela Justiça por vários crimes contra a administração pública quando ocupavam cargos como prefeito, vereador, deputado ou mesmo dirigiam instituições estatais em Rondônia.

Desde que chegaram a Rondônia, vindos do Paraná, em 1973, os Donadon exercem o poder de fato nas cidades de Vilhena e Colorado do Oeste, no Sul do estado. Depois de eleger prefeitos dos dois municípios por vários mandatos, a família ficou conhecida nacionalmente quando Natan Donadon, filho do patriarca Marcos, teve o mandato de deputado federal cassado em 2014, depois de condenado a 13 anos, quatro meses e 10 dias por formação de quadrilha e peculato pelo desvio de R$ 8,4 milhões, quando era diretor da Assembleia Legislativa entre 1995 e 1998.

Coronelismo

Não dá para entender a população de Vilhena, que aceita tanta desonestidade e truculência de uma família que manda e desmanda na cidade, e pior, com a anuência de muita gente importante. Das duas uma, ou se lambuzam no mesmo pote da corrupção ou tem medo. A família Donadon é o que de pior pode existir na política brasileira e se perpetua. Exemplo disso foi a invasão de uma gráfica, capitaneada (e conduzida) por Melki Donadon para apreender, por conta própria, a edição impressa do Rondoniagora, que traz reportagem falando o que até os bagres do Madeira já sabem, que Melki é ficha suja, que usa a esposa como laranja para voltar ao comando do município e tem como irmãos o foragido, condenado por roubo Marcos Donadon e o apenado Natan Donadon, que usa tornozeleira em cumprimento a uma pena também por roubar dinheiro público.

Melki Donadon

Vem agindo com truculência há anos, já colocou sobrinho na prefeitura (que também foi condenado), já aprontou de tudo em Vilhena. Mas muita gente, principalmente quem vive nas regiões mais pobres da cidade, desconhece esse lado, já que Melki é campeão em populismo barato. O jornal acionou judicialmente para tentar reaver o material que foi “apreendido” sabe-se lá com que ordem, já que não foi apresentado nenhum documento de busca. Coisas de uma cidade que ainda se curva à uma família encalacrada com a justiça.

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário