Marido confessa ter matado mulher dois dias antes do parto na Bahia

A Polícia Civil da Bahia prendeu neste domingo (17/12) em Serrinha, cidade próxima a Salvador, Adilson Prado Lima Júnior, 25, pelo crime de feminicídio. Ele confessou ter matado a mulher Daiane Reis Mota, 25, que estava grávida.

O crime, que aconteceu neste sábado (16), chocou a cidade e o país. A jovem estava de nove meses e com o parto marcado para esta segunda (18). O bebê não sobreviveu.

De acordo com reportagem do UOL, Adilson compareceu à delegacia na manhã do domingo para comunicar que a esposa havia desaparecido após sair de casa na tarde de sábado para fazer compras. A polícia, no entanto, encontrou contradições na história. Adilson acabou confessando o crime. Ele assumiu que matou a esposa com um tiro na nunca, escondeu a arma em um matagal e se desfez do telefone e dos documentos da vítima para dificultar a identificação e localização.

Pessoas próximas ao casal afirmam que o assassinato foi motivado por ciúmes. Adilson estava desconfiado de que o bebê não era dele.

Fonte: metropoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *