Maurão de Carvalho e deputados assinam carta em defesa do Povo Cinta Larga

Parlamentares participaram de encontro no Ministério Público Federal em Porto Velho.

O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PP), assinou na manhã desta segunda-feira (3), juntamente com outros deputados estaduais e ex-deputados, a Carta dos Parlamentares do Brasil em Apoio à Luta do Povo Cinta Larga, proposta de iniciativa do Ministério Público Federal (MPF), através do procurador da República, Reginaldo Trindade.

Após receber o convite do procurador Reginaldo Trindade, o deputado Maurão fez questão de comparecer e se unir a outros parlamentares estaduais e federais, na assinatura desse importante documento, que faz um alerta para a atual situação do Povo Cinta Larga, “que padece de inúmeras dificuldades e é preciso que o Governo brasileiro tome medidas urgentes”, relatou.

Na ocasião, foi apresentado um breve relato dos problemas enfrentados pelos Cinta Larga, com ênfase para a exploração mineral em suas terras. A omissão da Fundação Nacional do Índio (Funai) também foi destacada pelo MPF.

A expectativa é de que uma visita à aldeia Cinta Larga seja realizada no mês de outubro próximo, com a presença de diversas autoridades.

O senador Valdir Raupp (PMDB) assegurou a realização de uma audiência com a Casa Civil da Presidência da República e junto com a deputada federal Marinha Raupp (PMDB), agendou um encontro do MPF com a presidência da Funai.

O Povo Cinta Larga, composto por cerca de dois mil indígenas, habita quatro terras indígenas vizinhas (Roosevelt, Serra Morena, Parque Aripuanã e Aripuanã), localizadas nos estados de Rondônia e Mato Grosso.

Com informações da Assembleia Legislativa

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário