Maurício Macri é o novo presidente da Argentina e um novo tempo anuncia na AL

O candidato de oposição Ricardo Macri (Pro – Propuesta Republicana) venceu o segundo turno sobre o governista Daniel Scioli (Frente para la Victoria) neste domingo (22) e é o novo presidente da Argentina. Com 99,17% das urnas apuradas, a maioria a Macri está garantida, com 51,40% dos votos contra 48,60% de Scioli.

O oposicionista já estava sendo apontado como vencedor desde a apuração de boca de urna, quando a imprensa local já cravava a derrota do candidato de Cristina Kirchner por larga vantagem percentual entre os 32 milhões de eleitores que compareceram às urnas.

Mauricio Macri é o sexto presidente eleito na Argentina desde a volta completa da democracia ao país. Ele se juntará ao grupo formado por Raúl Alfonsín, Carlos Menem, Fernando de la Rúa, Néstor e Cristina Kirchner.

O candidato Daniel Scioli era apoiado pelo PT. Lula chegou a gravar um discurso de apoio à sua candidatura, onde falava sobre as “conquistas” do populismo e concluiu elogiando a agora ex-presidente Cristina Kirchner, que afundou a Argentina em uma crise. Disse Lula, “o rosto da Cristina, o rosto de uma mulher realizada, que deixa a presidência como uma heroína que foi vencedora de todas as perseguições que foi (sic) feita aqui”.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário